A arte de guardar livros

Nossas estantes não podem negar – muitos de nós leitores somos também colecionadores de livros. E, apesar de ser um dos grandes prazeres da nossa vida (da minha pelo menos é), nem sempre é fácil fazer isso.
A primeira questão é, claro, dinheiro. Mas acho esse um assunto chato e, a não ser que você seja milionário, ele é um problema para quase tudo na vida, não só para livros. Por isso, ele está sendo cordialmente ignorado nesse texto.
Sobre o que eu realmente quero falar é espaço – ou sobre como temos que ser flexíveis na hora de guardar todos os livros que temos (e queremos ter).  
Shakespeare and Company – livraria que domina a arte de guardar muitos livros em pouco espaço (daqui).
A situação é bem mais simples quando começamos. Ainda somos crianças ou adolescentes e temos uns 30 livros no quarto. Já começamos a achar a pilha grande, mas provavelmente temos alguns espaços entupidos de bichinhos de pelúcia prontos para dar espaço para mais papel. É nessa época que sonhamos com as paredes feitas de livros.
Então a coleção realmente começa (fato que provavelmente coincide com seu primeiro emprego) e o espaço que tínhamos – e o que não tínhamos mas conseguimos criar – começa a ficar cheio. Nessa época da vida do leitor que começam a aparecer pilhas em lugares improváveis do quarto – dentro do armário, dividindo espaço com roupas, em cima de uma estante bem perto do teto, em cima da televisão (sim, sou na época que nem toda TV era fininha e dava para empilhar coisas em cima delas) e nos criados mudos – melhor ainda era quando a pilha se tornava um criado mudo.
Eventualmente podemos ter até uma aflição por causa disso e pensamentos do tipo “isso não é jeito digno de guardar livros”, mas é claro que preferimos permanecer com os livros. E, outro fato óbvio – preferimos gastar nosso dinheiro com mais livros ao invés de comprar uma estante bonita, dessas de revista.
Esse fato mudou um pouco para mim quando saí da casa dos meus pais e mandei fazer uma estante bem do jeito que eu queria. E preciso dizer que me decepcionei um pouco a primeira vez que coloquei meus livros nela. Ela ficou linda, não é isso. Mas eu tinha a vã esperança que aquele móvel do tamanho de uma parede fosse capaz de sustentar a coleção por mais uns cinco anos – e ela ficou quase cheia de cara. No fim, a estante sustentou só mais alguns meses antes de ficar abarrotada. Minha nova teoria é que só sabemos o volume real dos nossos livros quando temos que subir quatro lances de escadas com eles só para descobrir que não vai sobrar espaço para os próximos.
Mas claro, sempre temos nossos jeitos de melhorar a situação: deitar livros na horizontal em cima das fileiras de livros ou até criar as fileiras duplas – maneira triste porem eficiente de dobrar a capacidade da sua estante ou prateleira. E uma das vantagens de ter sua própria casa é expandir o território ocupado pela coleção – minha mãe pelo menos não deixava as minhas pilhas de livro ficarem em qualquer cômodo que não fosse o meu próprio. Agora estão no cômodo denominado “biblioteca”, no quarto e já tenho planos para o sala.

A única coisa que me preocupa são as próximas etapas da expensão – só restarão livres o banheiro, a cozinha, o porta malas do carro e o lado de fora da janela.

Advertisements

18 thoughts on “A arte de guardar livros

  1. Eu sou nova, ainda moro com meus pais, mas comecei a trabalhar cedo por conta do curso técnico, logo… tenho muitos livros pra pouca idade/espaço! hahahaha Tenho um armário onde guardo os livros que li nos últimos cinco anos, mas guardo os livros mais antigos enfileirados nas prateleiras de cima do guardarroupa (e, pra guardá-los lá, precisei me desfazer de alguns cobertores e álbuns grandões de fotos…) e eu e meu pai (que já foi leitor… infelizmente, no passado :() convencemos o restante da família a ceder o que chamamos de “sótão” (sótom? sóton? sotão? sotom? rs) pr'os livros acadêmicos e livros de coleção, que são gigantescos…

    Tenho a impressão de que, se minha mãe lesse tanto quanto eu leio e meu pai já leu, trocaríamos nossa mobília por livros. Seria um problema. rs Nesse caso, que bom que ela gosta de ler no computador xD

    Adorei o texto:)

    Beijo!

  2. 🙂 Verdade, espaço é algo que precisa de planejamento, mas normalmente os amantes de livros deixam isso pra depois. Eu sei que preciso de mais espaço, mas sei que só vou fazer isso quando não couber mais nada. 🙂
    Abraço procê, continua na luta.

  3. Oi Gisele! Acabei de descobrir seu blog e amei!
    Você escreve de um jeito tão gostoso!
    Amei este post, porque estou com este problema sério lá em casa!
    Só sobrarão o banheiro e o porta malas do carro, realmente. hahahaha
    Grande abraço!
    Ana,

  4. Amei seu texto. Conheço um monte de gente que se identifica pelo menos com um pedacinho do que você falou, eu sou uma dessas pessoas. Comecei minha coleção lá pelos 16/17 anos, e agora com 23 já tenho duas estantes (com 5 prateleiras cada) que estão abarrotadas de livros, já uso a técnica de fileira dupla e criado-mudo-porta-livros, mas minha criatividade está acabando hahahaha
    Parabéns pelo blog, é minha primeira visita, mas já favoritei e pretendo voltar 🙂

  5. hahahaha! adorei e me identifiquei muito.. Ainda sonho com uma estante que ocupe a parede, e o mesmo que aconteceu com você também acontecerá comigo 😉 rs.. c’est la vie.. nada melhor do que estar completa e absolutamente absorto nos livros.

  6. Gisele,

    Muito bom seu vídeo no YouTube sobre o livro
    de Tolstoi,

    Você por acaso tem uma lista completa dos personagens principais de Guerra e Paz ??

    São muitos personagens, sendo que as vezes
    um personagem é chamado de mais de uma forma. Complicado.

    Obrigado por sua ajuda.

    José Evaldo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s